domingo, 1 de dezembro de 2013

SAMBISTAS INESQUECÍVEIS E O DIA DO SAMBA

O compositor mineiro Ary Barroso visitou pela primeira vez a Bahia em 1940. Ele já havia composto várias músicas que falavam desse estado. Em homenagem à data, ocorrida em 02 de dezembro, o deputado Luiz Monteiro da Costa decretou que esse seria o Dia do Samba. A comemoração, à princípio, ficou somente na Bahia, mas, depois se espalhou para o país inteiro.

Hoje, também, irá ao ar às 11:00 (horário de Fortaleza - e ao meio dia para o Horário de Verão) o programa Confraria do Samba, exibido pela TV Diário, onde gravei uma participação.


Para comemorar o Dia do Samba, trago alguma de nossas melhores sambistas dos anos 30, 40 e 50.



CARMEN MIRANDA
(1909 - 1955)




















A mais famosa cantora dos anos 30 se destacou como uma excelente sambista.
Algumas de suas criações fazem sucesso até hoje.

Lua Amiga
Samba de André Filho
Acompanhamento dos Diabos do Céu
Disco Victor 33.621-B, matriz 65638-2
Gravado em 30 de dezembro de 1932 e lançado em fevereiro de 1933



Cuíca, Pandeiro, Tamborim
Samba de Custódio Mesquita
Acompanhamento de Custódio Mesquita (ao piano) e Seu Ritmo
Disco Odeon 11.377-A, matriz 5348
Gravado em 14 de maio de 1936 e lançado em agosto





ARACY CÔRTES
(1904 - 1985)


















A Rainha do Teatro de Revista era, também, Rainha do Samba. Aracy Côrtes iniciou carreira bem jovem e conquistou o sucesso ainda com pouca idade. Aos 24 anos já havia lançado músicas que seriam verdadeiros clássicos de nossa MPB.

Quero Sossego
Samba de Ismael Silva e Nilton Bastos
Acompanhamento da Orquestra Brunswick
Disco Brunswick 10.158-A, matriz 602
Lançado em 1931


  
Quando o Meu Amor Partiu
Samba de Benedito Lacerda
Acompanhamento da Orquestra Odeon
Disco Odeon 11.144-A, matriz 4879
Gravado em 17 de julho de 1934 e lançado em agosto





ALZIRINHA CAMARGO
(1915 - 1982)























Também de São Paulo, Alzirinha fez sucesso no rádio, em filmes, cassinos e excursões internacionais.

Você Vai Se Arrepender
Samba de Kid Pepe, Alberto Fadel e Germano Augusto
Acompanhamento dos Diabos do Céu
Disco Victor 34.025-B, matriz 80081-1
Gravado em 08 de janeiro de 1936 e lançado em fevereiro





IRMÃS PAGÃS
Elvira (1920- 2003)
Rosina (1919)























As irmãs Elvira e Rosina (na foto) começaram bem cedo a se apresentar. Como não tinham escolhido um nome para a dupla foram apelidadas de Irmãs Pagãs, e o nome fez sucesso. Gravaram, se apresentaram em shows e filmes juntas e depois seguiram carreiras separadas, cada uma com sucesso individual.
Ainda bem jovens, interpretaram o que havia de melhor na MPB.
Atualmente, Rosina vive em Los Angeles e tem 94 anos.

Tristeza
Samba de Assis Valente e Zequinha Reis
Acompanhamento do Conjunto Regional RCA Victor
Disco Victor 34.180-B, matriz 80387-1
Gravado em 30 de abril de 1937 e lançado em julho





ARACY DE ALMEIDA
(1914 - 1988)























Cantora de grande prestígio a partir da década de 30. Depois de Carmen Miranda, foi a que fez mais sucesso nessa década. Também amiga de Noel Rosa, divide com Marília Batista o título de Melhor Intérprete do Poeta da Vila.

Não Te dou Perdão
Samba de Germano Augusto e Kid Pepe
Acompanhamento do Grupo do Canhoto
Disco Victor 33.997-B, matriz 79993-1
Gravado em 22 de julho de 1935 e lançado em dezembro





MARÍLIA BATISTA
(1918 - 1990)























Cantora e compositora. Iniciou a carreira muito nova, com grande destaque no rádio e disco. Era amiga de Noel Rosa e lançou algumas de suas célebres composições. Considerada, ao lado de Aracy de Almeida, a melhor intérprete de Noel.


A Mulher tem razão
Samba de Marília Batista, Henrique Batista e Mário Quintanilha
Acompanhamento da Turma da Candinha
Disco RCA Victor P-266-A, matriz R-344
Gravado e lançado em 1942






AURORA MIRANDA
(1915 - 2005)




























Mesmo tendo sido lançada por sua irmã famosa, Carmen, Aurora fez sucesso por méritos próprios. Possuidora de uma bela voz e grande talentos, ela imprimiu seu estilo únicoem nossa música, sendo a segunda cantora que mais gravou nos anos 30.


Vem Pro Barracão
Samba de Nelson Petersen e Oliveira Freitas
Acompanhamento de Conjunto Regional
Disco Odeon 11.588-B, matriz 5776
Gravado em 09 de março de 1938 e lançado em abril





SÔNIA CARVALHO
(1914 - 1988)



Vinda de São Paulo, Sônia Carvalho tinha o talento musical nas veias. Logo, conquistou a todos com seu carisma, talento e simpatia. Morando entre Rio e São Paulo, foi convidada especial para a inauguração da Rádio Nacional, em 1936.


Adeus
Samba de Geraldo Decourt
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto Regional
Disco Odeon 11.287-A, matriz 5160
Gravado em 19 de setembro de 1935 e lançado em dezembro





MARILU
(1918 - ?)


Marilu foi uma das grandes cantoras dos anos 40. Surgida no final dos anos 30, ela foi uma das intérpretes mais aptas a ocupar o lugar que Carmen Miranda havia deixado no coração dos fãs, com sua ida aos EUA. Dona de uma bonita voz e de uma excelente ginga.


Mulato Bonito
Samba de Osvaldo Lacerda e Gastão Viana
Acompanhamento dos Diabos do Céu
Disco Victor 34.769-B, matriz 52223
Gravado em 24 de maio de 1941 e lançado em agosto



Palavra de Honra
Samba de Benedito Lacerda e Eratóstenes Frazão
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.952-A, matriz S-052548
Gravado em 10 de junho de 1942 e lançado em agosto





LINDA BATISTA
(1919 - 1988)





















A maior Rainha do Rádio de todos os tempos (onze vezes consecutivas!). Linda tinha seu repertório totalmente voltado para a música brasileira. Embora dominasse vários ritmos, como canção e marcha, ela se destacou também como uma de nossas maiores sambistas.


Salve a Batucada
Samba de Chiquinho Sales, Buci Moreira e Carlos de Souza
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.939-B, matriz S- 052514
Gravado em 11 de maio de 1942 e lançado em julho



Quero Sambar
Samba de Carlos de Souza e Nilo Silva
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 80-0112-A, matriz S-052788-1
Gravado em 05 de junho de 1943 e lançado em setembro







DIRCINHA BATISTA
(1922 - 1999)





















A menina Dyrce de Oliveira gravou seu primeiro disco comercial aos oito anos de idade, em 1930. Ainda pré adolescente, era uma de nossas maiores intérpretes, ao lado dos artistas adultos. Dircinha também era atriz e sabia cantar samba como ninguém.

Inimigo do Batente
Samba de Wilson Batista e Germano Augusto
Acompanhamento da Orquestra Odeon sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.834-A, matriz 6214
Gravado em 05 de outubro de 1939 e lançado em maio de 1940






CARMEN BARBOSA
(1912 - 1942)





















Um cometa especial que abrilhantou nossa música. Carmen Barbosa foi dessas surpresas que surgem de quando em quando, com talento excepcional. Gravou vários (excelentes) sambas antes de falecer prematuramente.


Sucursal do Céu
Samba de Benedito Lacerda e Darci de Oliveira
Acompanhamento dos Boêmios da Cidade
Disco Victor 34.192-B, matriz 80391-1
Gravado em 30 de abril de 1937 e lançado em agosto



Maior Prazer
Samba de Buci Moreira e Miguel Baúso
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto Regional
Disco Columbia 55.069-B, matriz 153
Gravado em 13 de maio de 1939 e lançado em junho






ISAURINHA GARCIA
(1919- 1993)





















Grande cantora de São Paulo que conquistou o Brasil inteiro. Conhecida como A Personalíssima, Isaurinha lançou vários sucessos ao longo de sua carreira, que durou mais de cinquenta anos.

Teleco Teco
Samba de Marino Pinto e Murilo Caldas
Acompanhamento do Conjunto de Benedito Lacerda
Disco Columbia 55.344-B, matriz 520-1
Gravado em 27 de abril de 1942 e lançado em maio




Aperto de Mão
Samba de Jaime Florence, Horondino Silva e Augusto Mesquita
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 80-0058-B, matriz S-052671
Gravado em 27 de novembro de 1942 e lançado em março de 1943





ODETE AMARAL
(1917 - 1984)





















A Voz Tropical do Brasil iniciou carreira em meados dos anos 30. Fazia parte do coros das gravações, mas, sua linda e melodiosa voz logo seria ouvida sozinha em discos. Fez muito sucesso com suas interpretações e voz inigualáveis.


Luar no Morro
Samba de Valfrido Silva
Acompanhamento dos Boêmios da Cidade
Disco Victor 34.183-A, matriz 80417-2
Gravado em 25 de maio de 1937 e lançado em julho






EMILINHA BORBA
(1923 -2005)





















Queridíssima de gerações, a simpática e talentosa Emilinha Borba foi descoberta por Carmen Miranda ainda mocinha. Com o passar dos anos, cada vez mais ia mostrando seu talento e colecionando mais fãs. Brilhou no cinema, show e no rádio, em inesquecíveis apresentações.


Ninguém Escapa
Samba de Eratóstenes Frazão
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto Regional
Disco Columbia 55.048-B, matriz 146-1
Gravado em 02 de março de 1939 e lançado em maio desse ano






HELENINHA COSTA
(1924 - 2005)





















Cantora de sucesso nos anos 40 e 50, Heleninha nasceu no Rio de Janeiro, mas, foi iniciar sua carreira em São Paulo. Já famosa, voltou ao Rio, onde se apresentou no Cassino da Urca e Cassino Quitandinha.



Remexe, Remexe
Samba de J. B. de Carvalho e Amado Régis
Acompanhamento de Quarteto Brasil, com Abel Ferreira no clarinete
Disco Continental 15.409-A, matriz 1195-1
Lançado em agosto de 1945
No selo está escrito Helenynha Costa







HORACINA CORREA
(1924 - ?)





















A gaúcha Horacina chegou ao Rio de Janeiro em meados dos anos 30. Logo se notabilizou como cantora e atriz. Se destacou também em Buenos Aires, onde era muito apreciada. Atuou na célebre versão de O Cortiço, dirigida em 1945 por Luíz de Barros.


Eu Sou O Samba
Samba de Amado Régis e Osvaldo Chaves Ribeiro (Gadé)
Acompanhamento de Conjunto
Disco Continental 15.462-A, matriz 1249-1
Lançado em outubro de 1945






NEUSA MARIA
(1923 - 2011)





















A cantora Neusa Maria foi uma das estrelas do rádio nos anos 40 e 50. Fez sucesso cantando sambas, boleros e, também, jingles. Fez sucesso na Rádio Nacional, onde permaneceu por vários anos.


Rádio mensagem
Samba da autoria de Sereno
Acompanhamento de Regional de Claudionor Cruz
Disco Continental 15.355-B, matriz 1099-1
Gravado em 1945 e lançado em junho







MARLENE
(1922)





















Além de grande cantora, uma ótima atriz. Marlene ainda hoje, aos 91 anos, mantem a majestade e brilho que marcaram sua carreira. Uma grande alegria ainda tê-la conosco!


Um Ano Depois
Samba de Valdemar Pereira e Valentina Biosca
Acompanhamento de Raul e seu Regional
Disco Odeon 12.757-B, matriz 8143
Gravado em 05 de dezembro de 1946 e lançado em fevereiro de 1947






DALVA DE OLIVEIRA
(1917 - 1972)





















A Rainha da Voz foi uma das mais queridas cantoras que nós tivemos. Não bastasse isso, foi também uma de nossas mais talentosas intérpretes, até hoje querida e admirada pelas novas gerações.

Olhos Verdes
Samba de Vicente Paiva
Acompanhamento de Orquestra
Disco Odeon 13.002-A, matriz 8650-1
Gravado em 11 de março de 1950 e lançado em maio
















Agradecimento ao Arquivo Nirez











3 comentários:

  1. excelente matéria, resgate verdadeiro das nossas grandes sambistas, tantas esquecidas, mas este post certamente ajuda a torná-las in esquecíveis.

    ResponderExcluir
  2. Gloriosamente sublime! relembrar as cantoras famosas que minha mãe tanto comentava, quando cantarolava cancões de sua mocidade. Para mim é um privilégio conhecer á história de algumas de suas ídolas do passado que fazem parte de suas saudosas memorias. Essa matéria eu ofereço a minha querida mãe Maria ivete, 86 anos Relembrando musicas do seu passado.

    ResponderExcluir
  3. Excelentes artistas vozes que até hoje, sentimos falta; partiram e ficou a saudade de uma era feliz que jamais voltará.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...