terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Canções de MÁRIO PINHEIRO




Como venho escrevendo, Mário Pinheiro gravou dezenas de músicas nas primeiras décadas do século XX.
Aqui estão cinco canções que ele gravou entre 1904 e 1910.

TER AMOR NÃO É DEFEITO
Talvez a primeira gravação de Mário Pinheiro e a quarta feita pela Odeon Record em 1904.
Modinha
Disco Odeon Record 40.003, matriz RX-279
Lançado em 1904



LÁGRIMAS DO PASSADO
Canção
Disco Odeon Record 40.058, matriz RX-46
Lançado em 1904



A CASA BRANCA DA SERRA
Modinha de Guimarães Passos e Miguel Emídio Pestana
Disco Odeon Record 40.139, matriz RX-2
Acompanhamento de violão
Lançado em 1904



CASINHA PEQUENINA
No selo do disco vem como cançoneta, mas, trata-se da famosa canção conhecida até hoje.
Disco Odeon Record 40.472
Acompanhamento de violão
Lançado em 1905



O GONDOLEIRO DO AMOR (Parte1)
Versos da autoria de Castro Alves, com música de Salvador Fábregas
Por ser o poema muito extenso, Mário Pinheiro gravou em duas chapas (discos)
Poesia feita em homenagem à atriz Eugênia Câmara, o grande amor de Castro Alves.
Barcarola
Disco Odeon Record 108.193
Acompanhamento de piano e violão
Gravado em 1908 ou 1909



O GONDOLEIRO DO AMOR (Parte2)
A segunda parte do poema.
Barcarola
Disco Odeon Record 108.194
Acompanhamento de piano e violão
Gravado em 1908 ou 1909






Agradecimento ao Arquivo Nirez



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...